Compartilhe esta página
com seus amigos

Prefeitura de Pelotas

Notícias

10 Fev 2016 13:50   Redator(a): Tatiana de la Torre 10.866

Carnaval, futebol e celebridade marcam folia no Bal. dos Prazeres

Último evento com apoio da prefeitura será na sexta-feira - o Tributo aos Velhos Carnavais com os Grupos Vocais começa às 20h, no Largo do Mercado

A- A A+

          Essa terça-feira de Carnaval (9/2/2016) marcou a 20ª edição do Futsaia. A tradicional folia do Balneário dos Prazeres, no Laranjal, mistura Carnaval, futebol e celebridade num evento que reúne centenas de famílias locais e de outros bairros da cidade.

          O propósito da festa é um jogo no campo da Praça Aratiba em que a única regra é participar caracterizado do gênero oposto. Homens, mulheres e crianças entraram na brincadeira revelando a criatividade de cada um.

          Nessa festa, o momento mais esperado é da chegada do “Maravilha”, que além de fundador do evento, Jorge Luiz Peres, é a própria alegoria do Carnaval do Barro Duro. Enquanto o célebre carnavalesco não chega, o jogo não começa. O evento estava marcado para as 16h, mas só perto das 19h, quando a Praça estava lotada, Maravilha se anunciou em um carro alegórico, único na passarela, ao batuque das bandas do bairro (Jacaré da Lagoa, Banda Laranja, Boloduchos e Escola de Samba Mirim Acadêmicos da Lagoa), acompanhado por foliões animados.

          “Participo desde o primeiro Futsaia e aguardo ansiosa pela chegada do Jorge Maravilha. A cada Carnaval ele surpreende com um novo figurino e com a forma em que faz sua aparição no campo”, declarou Eva Maria da Rosa, conselheira tutelar suplente, moradora da Guabiroba.

          Depois de um breve desfile na rua principal, Maravilha chegou ao campo com a bola que deu início ao jogo. Antes de dar o primeiro chute, ele posou para fotos com dezenas de fãs. “A cada ano preciso melhorar minha apresentação para alegrar o pessoal”, disse o destaque.

          O evento é organizado por uma equipe que trabalha com o fundador. A presidente do grupo, Joice Domingues de Jesus, disse que o evento é custeado pelos próprios organizadores e com ajuda da comunidade. “Este ano fomos contemplados com o edital da prefeitura com R$ 3 mil para custeio de infraestrutura da festa. É a primeira vez que acessamos algum recurso público”, afirmou.

          A Brigada Militar esteve presente durante todo o evento com efetivo de 12 policiais.

          A Secretaria de Cultura (secult) apoiou, este ano, 12 eventos selecionados por edital público, com valores entre R$ 2 mil e R$ 5 mil para custeio de infraestrutura. A iniciativa foi uma forma de a prefeitura incentivar eventos carnavalescos abertos ao público, realizados em bairros e no Centro Histórico.

          O Carnaval de Pelotas foi alterado em 2016 porque o governo municipal reduziu a verba dos desfiles de escolas e blocos de R$2,1 milhões para R$ 300 mil, a fim de concentrar recursos na Saúde. A Associação dos Carnavalescos (Assecap) decidiu aplicar o novo valor na preparação para o Carnaval de 2017. Com o cenário de crise, repasses do Estado e do Governo Federal estão ameaçados. A economia com o Carnaval poderá manter seis meses de funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Bento – em fase final de construção.

Boletim de Notícias

Cadastre seu e-mail e receba diariamente o boletim de notícias da Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Pelotas - Praça Cel. Pedro Osório, nº 101, Centro - Tel.: (53) 3309-6000
©2017 Desenvolvido pela Coinpel