Compartilhe esta página
com seus amigos

Prefeitura de Pelotas

Notícias

17 Mai 2017 14:05   Redator(a): Alessandra Meirelles 10052

Sociedade busca desconstruir a homofobia

Atividades seguem até o fim da tarde no pátio 1 do Mercado Central

A- A A+

          Foi aberta, na manhã desta quarta-feira (17), Dia de Combate à Homo-lesbo-transfobia, no Salão Nobre do Paço Municipal, o 1º Encontro da Diversidade: Desconstruindo a Homofobia. Representantes da Prefeitura de Pelotas, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), universidades, militantes dos direitos humanos e de movimentos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) discutiram ações legais e sociais para combater a violência e a discriminação que gera insegurança, estigmatização, segregação e isolamento.

          Promovido pela Coordenação LGBT da Secretaria de Saúde (SMS), a primeira parte do encontro contou com a união de profissionais que analisam a homofobia em termos jurídicos, sociais e educacionais, e a população homoafetiva e suas famílias, que enfrentam a discriminação.

          A secretária de Governo, Clotilde Victória, lembrou casos históricos de preconceitos e a limitação que eles impõem à autonomia do ser humano, diminuindo sua liberdade. “Ao longo da história as mais graves violações de direitos humanos tiveram como fundamento a dicotomia do eu versus o outro, em que a diversidade era entendida como elemento para aniquilar direitos. A diferença era tão somente visibilizada para conceber o outro como um ser descartável, como nas violações e crueldade da escravidão, do nazismo, do sexismo, do racismo, da homofobia e de outras práticas de intolerância”, analisou.

          Entre os depoimentos destacaram-se a da técnica de enfermagem da SMS, Marcelle Oliveira, e das irmãs de Brenda Lee, travesti assassinada em dezembro de 2015. Marcelle lembrou que o Brasil é o país que mais mata homossexuais, onde a idade média de transexuais e travestis é 35 anos, e que cerca de 90% deles vive da prostituição, pois não encontram alternativas. Os depoimentos das irmãs de Brenda, fizeram todos pensarem. Nara Beatriz e Patrícia Duarte Nunes contam que a história de luta do irmão contra o preconceito e a violência iniciou cedo, dentro de casa, com o próprio pai; e na escola, onde a professora chamou a mãe quando Rogério tinha apenas oito anos e disse que ela precisava tomar cuidado, pois ele não era “normal”. Com 16 ou 17 anos ele assume sua orientação sexual e enfrenta a sociedade homofóbica. Na faculdade de psicologia, pouco antes de morrer, ouviu da professora que não tinha condições de ser psicólogo por não ser “bem definido”. Patrícia é professora e diz que com a experiência que teve em casa consegue trabalhar o tema com os alunos, incentivando o respeito entre eles e até mesmo ajudando os que querem contar às famílias sobre sua orientação sexual.

          Também participaram da discussão a secretária da Saúde, Ana Costa; representante da OAB, Gregori Dalgais da Cunha; reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pedro Curi Hallal; representante da ONG Gesto, Maiquel Fouchy; representante da ONG Vale a Vida, Juju Machado; representante da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Daniel Botelho; e integrantes de secretarias municipais e de movimentos LGBT.

          As atividades continuam, à tarde, no Pátio 1 do Mercado Central. Confira a programação:

14h30min – Marcia Monks – Vivência da Mulher Trans em Pelotas

15h30min – Diego Carvalho – Vencendo o preconceito através da educação 

16h30min – Aline Crochemore Hillal de Maicá e Raquel Nebel Moraes – Suporte social à população LGBTT 

Encerramento: Shows Artísticos com drag queens, por volta das 17h: Abigail Foster (Gesgiscan Pereira), Lorena Drag (Lier Neves), Sky (Elvis Antunes) e Madivah Vuitton (Bruno Carvalho). 

    Atividades paralelas:

-Distribuição de flyers no local;

-Realização de testes rápidos: HIV/Sífilis/Hepatite B;

-Realização do cartão SUS, com nome social;

-Urna para sugestões/reclamações;

-Mural de Superação.

Boletim de Notícias

Cadastre seu e-mail e receba diariamente o boletim de notícias da Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Pelotas - Praça Cel. Pedro Osório, nº 101, Centro - Tel.: (53) 3309-6000
©2017 Desenvolvido pela Coinpel