Compartilhe esta página
com seus amigos

Prefeitura de Pelotas

Notícias

19 Mai 2017 16:05   Redator(a): Joice Lima

Pelotas receberá R$ 200 mil para proteção animal

A- A A+

    A cidade de Pelotas receberá R$ 200 mil para investimentos na área de proteção animal. Os recursos serão oriundos de emenda parlamentar de autoria do deputado estadual Pompeu de Mattos (PDT). A informação foi repassada à prefeita Paula Mascarenhas pela vereadora Cristina Oliveira (PDT), em audiência no Paço Municipal na tarde desta sexta-feira (19).

    Paula celebrou a notícia e disse que irá encaminhar à vereadora uma relação de possibilidades para uso do recurso. Cristina sugeriu a aquisição de um “castramóvel”, que facilitaria o acesso da castração de cães e gatos à população de bairros da periferia, como Getúlio Vargas, Dunas e Castilhos. Ela entregou à prefeita um projeto, mas adiantou que entenderá se Paula decidir utilizar a verba de outro modo, caso não haja meios para cobrir os custos de manutenção do “castramóvel”.

    A vereadora cobrou o cumprimento da lei que autoriza o transporte de cães nos ônibus. “Muitos estão proibindo até quando os animais estão em caixas apropriadas. O consórcio anexou um ofício nos coletivos divulgando a proibição, ‘exceto de cães-guias’, o que contraria a lei”, alertou. Paula encaminhou, imediatamente, a denúncia à sua chefe de Gabinete determinando providências de fiscalização e cumprimento da lei.

    Com relação aos animais de grande porte, Cristina sugeriu a implantação de chips nos cavalos de Pelotas, para melhorar a segurança e controle sobre eles. Paula deu o seu aval à ideia e disse que irá verificar, junto ao secretário Jeferson Dutra, se a Secretaria de Serviços Urbanos e Infraestrutura (SSUI) tem condições de custear o projeto.

    Outra sugestão da vereadora, aprovada pela prefeita, foi a de encaminhar à Receita Federal ofício solicitando o repasse de máquinas de costura apreendidas por irregularidades, para que sejam utilizadas pelas 60 detentas do Presídio Regional de Pelotas. “É uma excelente ideia. Temos a intenção de ampliar o projeto de Mão de Obra Prisional e estendê-lo ao universo feminino”, antecipou Paula. “A intenção não é punir e sim ressocializar essas pessoas, que poderiam confeccionar roupas, quem sabe até roupas para cães, que tem tido muita saída, e assim dar a elas uma alternativa de fonte de renda”, ponderou Cristina.

    Defensora dos animais, a vereadora também pediu especial atenção ao Canil Municipal e propôs melhorias no Laranjal, como aumentar o número de policiais nas ruas e a instalação de um Ecoponto. Paula adiantou que a meta da Prefeitura é implantar outros oito ecopontos até o final de sua gestão, e um deles deve ficar na região do fundo do Areal/praias, onde o descarte incorreto em vias públicas é frequente.

    A prefeita comentou projetos de segurança e de sossego públicos, que devem envolver todas as instituições da sociedade de Pelotas, e pediu o apoio da vereadora como aliada na divulgação e propagação destes projetos. O vice-prefeito Idemar Barz acompanhou a audiência.

Boletim de Notícias

Cadastre seu e-mail e receba diariamente o boletim de notícias da Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Pelotas - Praça Cel. Pedro Osório, nº 101, Centro - Tel.: (53) 3309-6000
©2017 Desenvolvido pela Coinpel