Compartilhe esta página
com seus amigos

Prefeitura de Pelotas

Notícias

16 Jun 2017 19:49   Redator(a): Andressa Barbosa

Força-tarefa atende população atingida pelas cheias

As duas famílias desabrigadas voltaram para a casa com o apoio da Prefeitura e da Defesa Civil

A- A A+

    A rede formada pela Prefeitura e a Defesa Civil atua ininterruptamente no auxílio às comunidades atingidas pelas cheias na cidade. No último feriado (15), o vento Nordeste causou nova elevação dos níveis da Lagoa dos Patos e do Canal São Gonçalo e a água invadiu pontos isolados na Barra, Novo Valverde e Colônia Z3. As duas famílias que estavam desabrigadas puderam retornar a suas casas no final da tarde desta sexta-feira (16), quando o volume da laguna baixou para 1,40 metro. Mesmo assim, a força-tarefa segue no monitoramento das condições climáticas e continua mobilizada.

    Na manhã desta sexta, agentes da Secretaria de Saúde (SMS) foram até a Barra e aplicaram 20 doses da vacina contra a gripe em moradores do local. No final da tarde, a avaliação da Defesa Civil indicou que as famílias poderiam ser reconduzidas a suas moradias.

    Durante o ponto crítico, o nível da laguna chegou a 1,52 metro e o São Gonçalo a 1,54 metro. Com a redução do volume da Lagoa, a água baixou na Barra e na Z3, mas ainda há pontos alagados. A expetativa é de que se confirme a previsão de ventos no sentido Norte e Noroeste a partir do final de semana, condição favorável ao recuo das águas e à normalização do panorama, com o escoamento dos volumes represados no mar.

    Acompanhamento

    Membros de diversas secretarias estiveram em ação nos locais durante todo o feriado de Corpus Christi. Antes disso, na quarta-feira (14), uma família do Cedrinho foi realocada no Salão Paroquial da Colônia Z3. No dia seguinte, as equipes removeram três adultos e quatro crianças da Barra para uma casa de passagem.

    Três caminhonetes da Vigilância em Saúde ajudaram na operação de apoio e na remoção de famílias. Duas crianças precisaram de atendimento e foram levadas para a UBS da Z3 antes de irem para o abrigo.

    Operação conjunta

    Integrantes das secretarias de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana (SGCMU) e Assistência Social (SAS) também participaram das intervenções. Funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos e Infraestrutura (SSUI) trabalharam no conserto dos diques de proteção no Pontal da Barra. Foram identificados três pontos de vazamentos, mas toda a estrutura passou por revisão e os focos foram consertados.

    Somente carros oficiais no acesso à Barra

    O acesso à Barra ficou em estado precário e precisou ser trancado com cavaletes para impedir que a população transitasse pela estrada e piorasse a situação. As autoridades alertam que a medida foi tomada para garantir emergencialmente a passagem por terra das viaturas de apoio.

    Mesmo assim, foi registrado o rompimento da barreira em diversos momentos por motoristas que desrespeitaram o bloqueio. Equipes SSUI aguardam a estabilidade das condições para começar a requalificação da via.

    Entenda melhor

    A Prefeitura e a Defesa Civil monitoram há algumas semanas a descida do volume de afluentes da região metropolitana, como o Rio Guaíba, que desembocam e aumentam os níveis do Canal São Gonçalo e da Lagoa dos Patos. O alerta foi acompanhado com averiguações diárias e reuniões para o planejamento das medidas vistas agora.

    As águas haviam descido consideravelmente até a quarta-feira (14), inclusive drenado completamente em alguns pontos. Mas a chegada do vento Nordeste fez o São Gonçalo e a Lagoa voltarem a subir e invadir regiões costeiras.

Boletim de Notícias

Cadastre seu e-mail e receba diariamente o boletim de notícias da Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Pelotas - Praça Cel. Pedro Osório, nº 101, Centro - Tel.: (53) 3309-6000
©2017 Desenvolvido pela Coinpel