Compartilhe esta página
com seus amigos

Prefeitura de Pelotas

Notícias

11 Jul 2017 16:40   Redator(a): Joice Lima

Cem pelotenses fazem especialização em Gestão e Regulação

Quatro cursos gratuitos disponibilizados pelo Instituto Sírio-Libanês em parceria com o MS beneficiam 140 profissionais na 3ª CRS

A- A A+

    Desde segunda-feira (10), ocorre no auditório do Senac o encontro mensal de três dias dos cursos gratuitos de especialização disponibilizados pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP) em uma parceria com o Ministério da Saúde (MS). A iniciativa beneficia cerca de 140 profissionais da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), sendo que 100 vagas são ocupadas pela rede de Pelotas.

    As aulas contam com a Gestora de Aprendizagem do Instituto, Maria Lecticia Pelegrini. O diferencial destes cursos são as metodologias ativas. “Diferente das metodologias tradicionais, em que um professor transmite os conhecimentos aos estudantes, na ativa os protagonistas do conhecimento são os próprios profissionais, que compartilham suas experiências, e o principal é que os projetos desenvolvidos ao longo dos cursos têm que modificar alguma coisa, para melhor, na vida dos usuários”, informa o facilitador do curso em Pelotas, Leandro Thurow.

    Os estudantes são organizados em grupos, por afinidades. Após trocarem experiências e relacionar as maiores dificuldades encontradas em cada área, eles decidem em qual problema vão atuar e constroem um projeto de intervenção na realidade. Ao longo dos próximos meses, os projetos devem ser aplicados e, no final, os resultados apresentados ao grande grupo junto a um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

    A secretária de Saúde, Ana Costa, e a ex-secretária de Saúde, Arita Begmann, foram convidadas pelos grupos para atuarem na avaliação dos pré-projetos.   

    As aulas começaram em março e se estendem até novembro, quando os grupos deverão apresentar o resultado final sobre a aplicabilidade dos projetos construídos.

    São quatro modalidades:

* Gestão de Vigilância Sanitária (40 vagas)

*Gestão de Clínica (40 vagas)

*Gestão de Emergência em Saúde Pública (40 vagas)

*Regulação (20 vagas).

    Grande desastre na Barragem

    Participante de um dos grupos do curso de Gestão de Emergência em Saúde Pública, Carlos Eduardo Carvalho conta que seu grupo, composto por sete profissionais, decidiu criar uma situação hipotética de um grande desastre na Barragem Santa Bárbara, que seria causado pelo tombamento de um caminhão que transportava produto altamente perigoso. “Apresentamos nosso pré-projeto com a presença de convidados que têm experiência e seus conhecimentos específicos na área foram de grande valia para o nosso trabalho”, pondera.

    Os convidados foram o diretor-presidente do Sanep, Alexandre Garcia; o policial rodoviário federal Fabiano Goia, e o vereador Fabrício Tavares, que no período em que foi vice-prefeito de Pelotas (2009-2012), vivenciou enchentes e viabilizou capacitação aos integrantes da Defesa Civil.

    Carvalho, que chefia o setor de Vigilância em Saúde do Trabalhador da Secretaria de Saúde (SMS) e também atua na Defesa Civil de Pelotas em situações emergenciais, diz que o curso atende uma demanda pessoal sua de doze anos. “O curso vai me formar Gestor em Emergência, mas o melhor é que o projeto do grupo vai construir um fluxo de acionamento de unidades que atuam em urgência e emergência para contenção dos eventos o mais depressa possível, o que irá agilizar as ações e, em consequência, diminuir os danos que seriam causados pelos desastres.”

Boletim de Notícias

Cadastre seu e-mail e receba diariamente o boletim de notícias da Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Pelotas - Praça Cel. Pedro Osório, nº 101, Centro - Tel.: (53) 3309-6000
©2017 Desenvolvido pela Coinpel