Captação

 

Captação

Locais de captação são pontos de tomada de água bruta para tratamento nas Estações de Tratamento de Água. O SANEP capta água em quatro pontos, são eles:


A represa Moreira consiste em uma comporta móvel e uma pequena bacia de acumulação de água bruta, que serve unicamente para prover a estação de tratamento Moreira.

  • Ano de construção: 1871
  • Localização: 1,5 Km da estrada para o Morro Redondo e a 20 Km da centro da cidade.
  • Capacidade: 7.500.000 litros de água por dia

A captação de água da represa Quilombo é efetuada mediante a utilização de uma barragem de onde começa uma linha de tubos de ferro fundido de 500mm com 21 Km de extensão até o reservatório Sinnott, onde a água é tratada e filtrada.

  • Ano de construção: 1913/1915
  • Localização: Arroio Quilombo
  • Capacidade: 7.200.000 litros de água por dia



O Arroio Pelotas é o que, dentro do município, mais fornece água bruta para o SANEP. Tem suas nascentes na Serra dos Tapes, no vizinho de Canguçu e vem desaguar no Canal de São Gonçalo, a 4 quilômetros do Porto de Pelotas. O local de tomada de água é situado logo à jusante da embocadura do Arroio Pilão, na sua margem direita, junto a uma série de blocos de pedra que ali afloram, sendo que a capacidade de recalque é de 36.000.000 litros por dia.



A barragem Santa Barbará possui 352 hectares inundados e 359 hectares de proteção. A profundidade da bacia de acumulação é em média de 3 a 4 metros. O volume de água estimado é de 10 bilhões de litros de água. Tem como finalidade fornecer água bruta por gravidade para a planta de tratamento da ETA Santa Bárbara e para a zona industrial, através de bombeamento.