ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Pacto Pelotas pela Paz

‘Conte Comigo’ trabalha emoções de pais e filhos

Método ensina o compartilhamento de livros e visa o fortalecimento dos vínculos familiares

Por Luiza Meirelles 27-09-2018 | 13:30:35

      Auxiliar as crianças a aprender sobre as emoções e sentimentos é uma das intenções do ‘Conte Comigo’ - metodologia implantada em Pelotas, que integra as ações do Pacto Pelotas Pela Paz e incentiva o fortalecimento de vínculos através do compartilhamento de livros. No quarto encontro de um dos grupos em andamento no município, nesta quarta-feira (26), o tema permitiu que as cinco mães presentes aprendessem técnicas para despertar nos filhos o interesse pelo diálogo a respeito das emoções humanas.

Fotos: Gustavo Mansur
“É possível ajudar a criança a aprender sobre sentimentos falando sobre as emoções dos personagens do livro e conectando as histórias às experiências dela. Isso vai refletir no comportamento, fazendo com que se preocupem mais com o próximo e compreendendo melhor as relações e o mundo ao seu redor”, explica o facilitador do Conte Comigo, Edmar Araújo.

      O quarto encontro propôs o livro ‘Abraço’ que instiga, através dos personagens, a conversar sobre diversos sentimentos, como alegria, medo, tristeza e surpresa. Para se conectar aos pequenos, Araújo orienta que as mães utilizem-se de expressões faciais e tons de voz diferentes para chamar a atenção e transmitir a emoção da história, o que, consequentemente, estabelecerá um vínculo maior.

      Mãe de Aisha, de 3 anos e 5 meses, Vanessa Lourenço diz que o método tem mudado para melhor sua relação com a filha, além de mudar seu comportamento, já que a nota mais paciente e comunicativa.  

“É um momento de intimidade só nosso, em que podemos criar uma história do nosso jeito, somente através das imagens e da nossa imaginação. Desde o primeiro livro, que falamos sobre a importância de ter amigos, vejo como ela tem pensado e falado mais nisso”, acrescentou Vanessa.

      Com oito sessões previstas, a cada semana uma nova publicação é apresentada às mães, juntamente, com técnicas para se trabalhar abordagens diferentes. No primeiro momento, o facilitador repassa os métodos e, logo após, elas experimentam com os pequenos os novos ensinamentos. A orientação é repetir a prática todos os dias, no mínimo, por dez minutos – no lugar e horário mais adequado para a família.

Fotos: Gustavo Mansur

A metodologia

      Implantado em julho deste ano, a prática atingirá 220 crianças de Pelotas – todas nascidas em 2015. Em ação inédita no Brasil, o método estimula a imaginação, criatividade e conhecimento através dos livros, além de incentivar a aproximação de pais e filhos. Vinte facilitadores serão responsáveis pelo trabalho até novembro, que integra o eixo preventivo do Pacto, através do programa Infância Protegida.  

      Junto ao ACT – Criando Crianças Seguras, as metodologias embasam o Estudo Piá – Primeira Infância Acolhida (um convênio entre Prefeitura e Universidade Federal de Pelotas). A expectativa é de que a pesquisa fundamente novas políticas públicas do município a partir do ano que vem.

Conheça as sete publicações e os temas utilizados em cada semana

1. A Surpresa de Handa (construindo e enriquecendo)

2. Pequenos Ajudantes (conexões)

3. A galinha de Handa (números e comparações)

4. Abraço (sentimentos)

5. Harry, o cachorro sujinho (intenções)

6. Harry vai à praia (perspectivas)

7. Tudo está bem quando termina bem (relações).

Tags

pacto pelotas pela paz, conte comigo, infância protegida

Carregando 0%