ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Saúde

Prefeita e presidente da Câmara acompanham vacinação de adolescentes

Cronograma desta sexta-feira (30) foi de aplicação da primeira dose em jovens de 12 a 17 anos com comorbidades definidas pelo Plano Estadual de Vacinação

Por Carolina Dumont 30-07-2021 | 17:57:49

Na tarde desta sexta-feira (30), a prefeita Paula Mascarenhas e o presidente da Câmara Municipal, vereador Cristiano Silva (PSDB), acompanharam o processo de imunização contra Covid-19, na Casa da Amizade, localizada na Associação Rural de Pelotas. A ação foi destinada para adolescentes entre 12 e 17 anos, que possuem as comorbidades definidas pelo Plano Estadual de Vacinação. 

Prefeita Paula Mascarenhas e o presidente da Câmara Municipal, vereador Cristiano Silva acompanharam processo de vacinação. Foto: Gustavo Vara

Durante a visita, a chefe do Executivo e o presidente do Legislativo conversaram com a população e com os profissionais de Saúde envolvidos no trabalho de aplicação das vacinas. Paula também lembrou a luta de mães e pais desses jovens para que a vacinação fosse liberada para o grupo.

"Nós acompanhamos essa luta, nos associamos a ela e aguardamos por esse momento. É um passo importante para superar a pandemia", afirmou a prefeita.

Essa também era uma demanda do vereador Cristiano, que já havia participado de reuniões em busca de informações sobre o processo de imunização dos jovens com comorbidades. 

"É um momento muito especial, do direito à vida desses adolescentes, e de poderem retornar aos poucos à normalidade. Coloco-me no lugar desses pais que estavam no aguardo da imunização dos filhos", disse. 

Também acompanhou a atividade o presidente da Comissão de Saúde da Câmara, vereador Marcos Ferreira - Marcola (PTB). 

Imunização nesta sexta-feira

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 1.093 adolescentes de 12 a 17 anos, com as comorbidades definidas pelo Plano Estadual de Vacinação, foram beneficiados com a dose proteção ao vírus nesta sexta-feira.

É o caso de Sofia, que tem 17 anos e displasia broncopulmonar. A adolescente foi acompanhada pelos pais Nauro Júnior e Gabriela Mazza, e disse que está em casa, desde o início da pandemia, e receber a vacina é um sonho que está virando realidade. "Doía muito não poder sair devido a minha fragilidade. Senti-me tendo a minha juventude roubada. Então, este é um acontecimento muito especial", disse.

Sofia recebeu a imunização na Casa da Amizade, na Associação Rural de Pelotas. Fotos: Gustavo Vara

Victória de 15 anos também comemorou muito. Antes de receber a proteção, a jovem com Síndrome de Down repetia a palavra "vacina" diversas vezes. Para o pai, Paulo Azambuja, um momento de alívio. "A Vic está em casa há mais de um ano e meio, em completo isolamento social. Então, esta vacina é o início para retomar a vida aos poucos", ressaltou. 

Sofia e o pai comemorando a proteção. Foto: Gustavo Vara

A vacinação continua neste sábado (31), com a aplicação da primeira dose em pessoas com 29 anos ou mais. A ação será no drive-thru do Centro de Eventos das 9 às 17h.

Como fica o cronograma

No drive-thru

Centro de Eventos, das 9 às 17h – com entrada pela avenida Pinheiro Machado

* Sábado (31) – 1ª dose para 29 anos ou mais

* Segunda (2/8) – 1ª dose para 28 anos ou mais

Nos bairros – das 10 às 15h

* Segunda-feira (2) – 1ª dose para 29 anos ou mais

* Terça-feira (3) – 1ª dose para 28 anos ou mais

Endereços dos pontos de vacinação nos bairros

– Pelotas Parque Tecnológico – avenida Domingos de Almeida, 1.785 – Areal

– Colégio Pelotense – Ginásio, entrada pela avenida Bento Gonçalves – Centro

– União Gaúcha – avenida Engenheiro Ildefonso Simões Lopes, 531 – Cohab Tablada

– CTG Os Farrapos – rua Raul Pompeia, 1.400 – Santa Terezinha

– Associação Rural – Casa da Amizade, avenida Fernando Osório, 1.754 – Três Vendas

– Comunidade Católica Nossa Senhora de Lourdes – salão da igreja, avenida Amazonas, 515 – Balneário dos Prazeres

– Paróquia São José, na avenida Duque de Caxias, 520, no Fragata

Documentos necessários para imunização

– Carteira de Identidade

– Comprovante de residência ou declaração de moradia assinada pelo proprietário

– Cartão SUS ou CPF

Para agilizar a imunização, nos drive-thrus e nos pontos dos bairros, a Prefeitura disponibiliza no site do coronavírus, o comprovante de vacinação. As pessoas que irão se vacinar podem levar o documento impresso, com as informações pessoais preenchidas. No entanto, a SMS esclarece que levar o comprovante preenchido não é uma obrigação, mas uma maneira de facilitar o trabalho e diminuir o tempo de espera durante o processo.

A SMS alerta

A Secretaria Municipal de Saúde informa que é preciso aguardar o intervalo mínimo de 14 dias entre a aplicação da vacina contra a Covid-19 e qualquer outra do esquema vacinal, incluindo a que protege da gripe, para garantir a imunização correta.

Além disso, as pessoas que apresentarem sintomas gripais não devem comparecer na data marcada. O mesmo vale para quem tiver positivado para o coronavírus. É preciso aguardar 30 dias do início dos sintomas para receber a aplicação.

Tags

Vacinação, Comorbidades, Pelotas

Carregando 0%